Saboó está de luto !
O Gera cantou pra subir !
Deixa órfão os sambistas!
Em silêncio a bateria !
Vinte e uma batidas do surdo !
É o som que vai se ouvir !
Orgulho dessa gente Bandeirante !
No minuto de silêncio mais cadenciado que se ouviu !
Vai em paz Geraldo !
Morre o homem !
Fica a fama !